Serviços

Serviços

Geometria

A geometria faz parte do processo de alinhamento. Ela serve para o acerto de todos os ângulos que compõem o sistema de direção e suspensão dianteira dos veículos. Durante o procedimento, as medidas são feitas em graus e milímetros para verificar a distância entre os eixos, o cáster, e o câmber, de forma que as quatro rodas fiquem perfeitamente alinhadas, formando um retângulo.
Balanceamento

As consequências da não realização do balanceamento ou de um procedimento mal feito nas rodas dianteiras e traseiras se materializam por vibrações, seja no volante, no piso do carro, no painel de instrumentos ou nos assentos, em distintas faixas de velocidades.

 

Óleos e Filtros

Para funcionar perfeitamente como "novo", todo veículo precisa ser bem cuidado: passar pelas revisões periódicas, ter os filtros e o óleo trocados no período correto, evitando a corrosão e o desgaste de peças, diminuindo a emissão de gases poluentes, limpando bicos injetores e a câmara de combustão, restaurando a potência e evitando a formação de borras no motor


  Arrefecimento

O motor precisa de temperatura ideal de funcionamento. A correta manutenção do sistema de arrefecimento com adição de aditivos mantém o motor na temperatura ideal, evitando o superaquecimento, lubrificando as mangueiras e a bomba d'água. A troca da água do sistema deve ser feita a cada 6 meses ou sempre que apresentar sinais de sujeira no reservatório.

Dica: Nunca complete a água do radiador com o motor quente. Cada veículo possui um tipo de aditivo indicado.

  Limpeza de Bicos Injetores

Os bicos injetores são componentes de extrema precisão, responsáveis por pulverizar finamente o combustível na câmara de combustão do motor. Quanto melhor for a pulverização, maior será o rendimento do motor. Em consequência, se obtém mais economia de combustível com menor emissão de gases poluentes. Além dos bicos, é necessário verificar o TBI, verificar velas e cabos periodicamente.

Dica: Em caso de falhas no motor, não culpe os bicos, Eles podem não ser os responsáveis.

  Amortecedores e Suspensão

Como a maioria dos componentes de segurança do chassi, amortecedores e suspensões desgastam-se durante o curso normal de utilização. O índice de desgaste depende de uma série de variáveis, como as vias de circulação, condições ambientais, estilo de direção e carga do veículo. De uma maneira geral, amortecedores e suspensões se desgastam gradualmente de forma que efeitos negativos, como direção reduzida, desempenho ruim de frenagem e estabilidade do veículo, podem não ser identificáveis facilmente em condições normais de direção. Além disso, em relação à segurança, amortecedores e suspensões podem afetar negativamente:

* O conforto dos passageiros;
* O índice e padrão de desgaste dos pneus;
* O alinhamento dinâmico das rodas;
* A duração dos freios;
* A durabilidade de outras partes do chassi.

Dica: Amortecedores, barras, terminais e buchas trabalham em conjunto. Quando um está ruim, sobrecarrega os demais. Fique atento aos indícios que seu carro lhe mostra.

  Freios

Discos, pastilhas, lonas, cilindros, pinças e fluido. São esses os itens que garantem a sua parada segura, em qualquer situação. Freios comprometidos é a segurança em risco.

Dica: Baixo nível de fluido no reservatório é indicativo de problemas no sistema de freios. A sangria do fluido de freios deve ser feita a cada 6 meses.

  Palhetas

Palhetas danificadas ou desgastadas comprometem a visibilidade. Trepidação da palheta, riscos ou névoas no párabrisas comprometem sua segurança, principalmente à noite.

Dica: 
Além de manter as palhetas em dia, sempre verifique o nível de água no reservatório e utilize limpa-vidros ou sabão neutro com a água